Análise 103: Audiosurf (NA ONDA! sonora)

Fala aí, pessoal! Aqui é o Cássio e hoje vou analisar um jogo diferente, inovador, lançado em 2008 para PC: Audiosurf.














Steam: 96%
Metacritic: 85 de 100.
IGN: 8.6 de 10.
GameSpot: 7.5 de 10.
PC Gamer: 8.8 de 10.
GameRankings: 85.86%

Vamos começar a análise!

Audiosurf tem gráficos simples, tem uma nave, blocos de diferentes cores, um cenário bem louco, que pode dar tontura em várias pessoas pelo seu efeito 3D rápido e também o fundo com explosões de cores e objetos incompreensíveis. É muito maluco, mas charmoso em sua própria forma, para um jogo de 2008, é bonito, por isso eu dou um 8.5 para eles, por culpa mesmo de certas tonturas que eu senti.

A jogabilidade também é simples, você pode usar as setas do teclado ou o mouse para mover sua nave. Funciona assim: você escolhe um file MP3 do seu computador, clica nele para o jogo criar uma pista em alguns segundos, cada pista é diferente, com sua velocidade, posições de blocos e duração, o seu objetivo é fazer sequências de pelo menos 3 blocos seguidos para uma cor, assim fazendo-a desaparecer e repetir isso, como um Doctor Mario, Tetris ou Candy Crush, mas ao som de sua música favorita. O jogo tem sistemas de bônus, que te dão pontos extras ao completar algumas coisas, além de medalhas, que você ganha ao atingir certo número de pontos, é bem fácil ganhar uma de ouro. Cada "nave" tem diferentes tipos de jogabilidade, bônus e dificuldade, mas eu vou falar mais disso na seção delas. Eu dou um 10 de 10 para a jogabilidade.

O som ganha muito bem um 10 pois as músicas que tocam, além de ter uma música do menu, têm as suas favoritas, eu toco várias músicas dos meus artistas favoritos e toco algumas músicas só pela zoeira. Os efeitos sonoros são legais, mas prefiro desativá-los, pois às vezes eles atrapalham a música, com um som mais forte do que sua fase. É um 10.

A dificuldade é boa, varia bastante dependendo da música, uma canção calma é fácil de completar, mas um metal rápido é bem difícil. Além disso, cada personagem tem seu nível de dificuldade, desde os mais fáceis aos ELITE, que são impossíveis de se jogar nas primeiras horas. Eu só jogo com o Mono porque ele é mais fácil...
Eu vou dar um 8.5 de 10 também.

Os personagens são naves. Cada um com seu nome, habilidade, nível de dificuldade e bônus. Tem o Mono, o Eraser, etc. São uns 20 personagens que tem no jogo. São bem legais, mas lembrar eles de nome é difícil, além deles terem só algumas diferenças visuais. Eu dou um 6.

O fator replay é alto, já que são infinitas possibilidades de música, além de files mp3 que não são músicas, eu já andei no vídeo do bambam, etc. Eu dou um 10 pro replay, que é altíssimo, eu quero jogar de novo e quem tem até hoje joga.

Como extras temos algumas músicas da Valve que tem efeitos diferentes na jogabilidade, conquistas Steam, um ranking mundial de cada música, se é que alguém já a tocou, etc. Eu dou um 8.0 de 10 porque é bem legal.

Nota:
Gráficos: 8.5 de 10.
Jogabilidade: 10 de 10.
Som: 10 de 10.
Dificuldade: 8.5 de 10.

Personagens: 6.0 de 10.
Replay: 10 de 10.
Extras: 8.0 de 10.

Nota total:
8.5 de 10.
87%

Nota em medalhas:










                  ↑
      JOGUE MUITO











Esse é Audiosurf, um jogo muito bom, onde você surfa na onda (sonora). Bem divertido, recomendado para todos. É melhor comprar na promoção, que eu acho meio caro comprar por 20 reais.
Esse jogo está:
Semana que vem:
Blood and Bacon
Share on Google Plus

About Cássio Barcellos

    Blogger Comment
    Facebook Comment